notícias Resumo dos Seahawks: CBS Sports destaca a equipe do Super Bowl XLVIII dos Seahawks para o 10º aniversário: ‘Mais que um atleta’

Em campo, o trio se tornou conhecido em seus respectivos cargos por suas contribuições ao primeiro título de Seattle. Sherman juntou-se ao cornerback Brandon Browner, ao safety Earl Thomas e ao safety Kam Chancellor no que se tornaria conhecida como Legião do Boom – o melhor jogador secundário da liga. Baldwin emergiu como uma grande ameaça dinâmica em 2013, sua terceira temporada na liga. Durante os playoffs de Seattle, o ex-aluno de Stanford conseguiu 13 passes para 202 jardas e um touchdown no Super Bowl. Enquanto ele estava na vanguarda com seu trabalho disruptivo, Bennett ajudou Seattle a se tornar a defesa mais bem classificada da liga. Por melhor que fosse o trio em campo, eles realizaram trabalhos ainda mais importantes fora de campo e ficaram conhecidos por expressarem suas crenças como homens negros. No auge da popularidade, o grupo optou por usar sua plataforma para falar sobre três jovens negros que foram assassinados em momentos diferentes em 2014, ampliando as histórias de injustiça que acontecem todos os dias.

As mortes prematuras de Eric Garner (julho), Michael Brown (agosto) e Tamir Rice (novembro) nas mãos da polícia, abalou o mundo inteiro e inspirou vozes a exigir mudanças. A CBS conversou com o grupo sobre a escolha de falar abertamente sobre as mortes trágicas, apesar da reação que as acompanhou. Bennett discutiu a importância de levar as conversas do vestiário para as pessoas e de usar suas vozes como homens negros para fazer justiça aos que não têm voz.

Bennett relembra uma reunião de equipe enquanto mortes e casos virais de brutalidade policial continuavam a se espalhar pelo mundo através das redes sociais e da mídia noticiosa.

“Essa foi a reunião de equipe mais longa da qual já participei”, disse Bennett. “Tivemos que escolher o que faríamos e a conversa. E ficou tão emocionante que acho que saí furioso e voltei. Foi quando começamos a perceber o quão bons éramos e quem somos.”