notícias Crítica anual do Real Madrid: do drama de Benzema ao brilho de Bellingham

Para muitos Real Madrid fãs, a visão de Judas Bellingham com os braços estendidos Depois de marcar será o retrato definitivo de 2023, mas não há como esconder que foi um ano misto para a equipa de Carlo Ancelotti.

Madri elevou o Copa do Rei e o Mundial de Clubes da temporada passada, mas foram derrotados de forma convincente Cidade de Manchester no Liga dos Campeões semifinais e assim por diante Barcelona na Supercopa da Espanha.

Eles estão bem posicionados para reconquistar Liga nesta temporada – graças em parte ao Bellingham’s excelente forma desde que foi contratado pelo Borussia Dortmund – mas perdeu três jogadores importantes devido a lesões no ligamento cruzado anterior (LCA): Thibaut Courtois, Eder Militão e agora David Alaba.

Aqui, O AtletismoO escritor madrilenho Guillermo Rai relembra o ano passado.


O destaque

O destaque foi a vitória na final da Copa del Rey, em maio. Osasuna — O primeiro sucesso do Real Madrid na competição em nove anos. Foi o único título importante do ano e a vitória por 2-1 em Sevilha coroou uma sequência impressionante na competição.

VÁ MAIS FUNDO

A noite inesquecível de Rodrygo na Copa del Rey mostra o quão longe ele chegou no Real Madrid

A equipe de Ancelotti eliminou o rival da cidade, o Atlético de Madrid, nas quartas-de-final e produziu uma recuperação inspirada em Karim Benzema no Camp Nou ao derrotar o Barcelona por 4-0 na segunda mão das semifinais (vencendo por 4-1 no total). Acertaram todas as notas na final para vencer o Osasuna e ainda tiveram chances de vencer a dobradinha Copa del Rey-Liga dos Campeões.

Porém, acabou que não foi assim…


O ponto baixo

O Madrid teve uma temporada medíocre na La Liga, mas o ponto baixo da temporada foi o Derrota por 4 a 0 para o Manchester City na segunda mão da semifinal da Liga dos Campeões.

Os catorze vezes campeões europeus não esperavam tal revés depois de empatarem 1-1 no Santiago Bernabéu. Eles simplesmente não responderam ao ataque do City e dificilmente ameaçaram Edersoné o objetivo.

Madrid não respondeu ao City (Federico Titone/Agência Anadolu via Getty Images).

O contraste entre as equipes foi tão grande que depois desse resultado o clube teve que sentar e planejar o futuro. Foi um ponto de viragem e levou à tomada de algumas decisões importantes nos bastidores relativamente à permanência de Ancelotti no clube e às contratações que ocorreriam naquele verão.


Momento mais surpreendente

Após a derrota para o City, foi anunciada a saída de vários jogadores, mas este foi o mais surpreendente A decisão de Benzema de sair pela equipe da Arábia Saudita Al Ittihad.

READ MORE  notícias Jon Hamm, de Mad Men, estrelará nova série dramática da Apple TV +

Apanhou toda a gente de surpresa: Benzema informou o Real Madrid da sua oferta do Al Ittihad na terça-feira, 30 de maio, mas na quinta-feira, 1 de junho, disse numa cerimónia de entrega de prémios que “a realidade não é a Internet”, uma mensagem enigmática que parecia sugerir ele vai ficar. A saída do segundo melhor marcador de sempre do Real Madrid foi finalmente confirmada três dias depois.

VÁ MAIS FUNDO

A saída de Karim Benzema do Real Madrid – a história completa de incerteza, surpresa e intriga

Isso gerou uma enxurrada de rumores sobre a possível substituição do francês, deixando a camisa 9 vaga. Joselu era o único atacante a chegar por empréstimo de Espanhol e ficou com o número 14 – o que significa que o Madrid começou uma temporada sem ninguém usar o número 9 pela primeira vez na sua história.


Melhor jogador

Quem mais? Com apenas quatro meses de carreira no Real Madrid, é difícil olhar para além de Bellingham e dos seus 17 golos em 21 jogos desde que chegou ao clube. Dortmund.

Havia muitos rumores sobre o Paris Saint-Germain Kylian Mbappé novamente neste verão, mas o inglês foi a principal contratação do Real Madrid. Assinado por 103 milhões de euros (89,4 milhões de libras; 114 milhões de dólares), mais 30% a mais em variáveis, essa taxa já parece uma pechincha.

Bellingham tornou-se o novo líder do Real Madrid (Pedro Salado/Quality Sport Images/Getty Images).

Seu impacto em grandes jogos como o El Clasico e as noites da Liga dos Campeões mostraram exatamente por que o Real Madrid o recrutou. O jovem de vinte anos é o líder de uma nova geração; Vinícius Júnior, Rodrygo, Eduardo Camavinga, Aurelien Tchouameni, Frederico Valverde tudo indica que eles serão um dos pilares da escalação do Los Blancos nos próximos anos.


melhor gol

O melhor golo do Real Madrid neste ano não foi marcado por nenhum dos seus jogadores.

Foi um gol contra NápolesAlex Meret, mas nada se pode tirar do impressionante remate de longa distância de Valverde, que acertou na trave e na cabeça do guarda-redes adversário antes de cruzar a linha, provocando cenas selvagens entre os jogadores do Real Madrid.

O esforço de longo alcance de Valverde contra o Napoli (Isabella Bonotto/Agência Anadolu via Getty Images).

O gol de Valverde fez o 3-2 na Itália e colocou o Real Madrid no caminho da qualificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões, que garantiu confortavelmente com seis vitórias perfeitas em seis no Grupo C.

READ MORE  notícias Curioso sobre Rainha das Lágrimas? Aqui estão 5 dramas coreanos dignos de farra na Netflix, estrelados por Kim Soo Hyun, o ator de drama K mais bem pago

A estatística que resume 2023

de Bellingham objetivos e figuras criativas deram ao Real Madrid o melhor final de ano possível.

VÁ MAIS FUNDO

O início surreal de Jude Bellingham em Madrid – companheiros encantadores, jantar com Vinicius e ocasionais feijões cozidos

Seu gol contra o Cádiz no mês passado significou que ele marcou quatorze gols nos primeiros quinze jogos pelo clube. Ele derrotou Alfredo Di Stefano e Cristiano RonaldoO início de 13 gols nos primeiros 15 jogos pelo Real Madrid.


Citação mais memorável

Uma das melhores respostas numa conferência de imprensa em Madrid ocorreu antes da vitória fora de casa por 3-2 sobre o Union Berlin, no início de Dezembro.

Um jornalista lembrou a Ancelotti uma frase que proferiu na época passada: “As lendas devem retirar-se aqui em Madrid”. O italiano foi questionado se isso poderia se aplicar a ele, dado o seu futuro incerto: seu contrato expira no verão de 2024 e ele está fortemente ligado ao trabalho no Brasil.

Ancelotti mostrou novamente um manejo hábil com seus jogadores este ano (Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images).

Ancelotti desviou a atenção de si mesmo, mas também resumiu o espírito do Real Madrid. “Não sou uma lenda, sou apenas um treinador”, disse ele. “As lendas são os jogadores que tiveram carreiras fantásticas aqui.”

VÁ MAIS FUNDO

Ancelotti, Real Madrid e Brasil: novidades importantes, mas a incerteza permanece

Foi um comentário tipicamente amigável do técnico de 64 anos, mas também correspondeu à realidade: em Madrid as estrelas estavam São os jogadores – e não os treinadores. Embora certamente sentirão falta de Ancelotti se ele eventualmente partir.


Peça que você mais gostou de escrever

Minha primeira peça para O Atletismo o motivo pelo qual me tornei membro foi especial para mim. Contava a história de como o Real Madrid apareceu pela primeira vez na minha vida – quando, ainda criança, conheci jogadores como Raul, Guti e Aitor Karanka no hospital Ramon y Cajal, a poucos quilómetros do seu campo de treino.

VÁ MAIS FUNDO

Por que entrei: O Real Madrid sempre apareceu quando eu menos esperava

Os jornalistas normalmente não deveriam ser protagonistas, mas isto era diferente. Faremos sempre o possível para estar o mais próximo possível da ação e isso é algo que procuro desde que comecei na empresa em janeiro.

Espero que você tenha sido informado ou entretido pelo meu trabalho ao longo do caminho.


Um desejo para 2024 é…

Por se tratar mais de um desejo do que de uma decisão, serei optimista: espero que o Madrid contrate um Galactico como Mbappé, conquiste mais um título da Liga dos Campeões e que eu tenha mais sucessos para escrever em 2024.

(Foto principal de Helios de la Rubia/Real Madrid via Getty Images)